A SACHS no mundo inteiro –

Sempre perto de você

Você está aqui:

América Latina Español | Português

Você está aqui:

América Latina Español | Português
worldmap

AMÉRICA LATINA

AMÉRICA LATINA

Amortecedores SACHS para carros de passeio:

maior segurança e conforto ao dirigir.

Os amortecedores SACHS apresentam a mais alta qualidade, o que é uma das razões pelas quais vários fabricantes automotivos renomados os usam como itens de fábrica em veículos novos. Todos os anos, mais de 10 milhões de carros novos saem da linha de montagem equipados com produtos SACHS. Da mesma forma, a SACHS aplica sua experiência de fabricante original na produção de peças de reposição, portanto seus amortecedores do mercado de reposição são sempre os mais modernos, o que se traduz em uma condução mais segura, mais confortável e contemporânea. Não importa quais sejam os desafios que a estrada apresente, a dinâmica e o desempenho do chassi que eles proporcionam garantem curvas e aderência perfeitas na estrada.

Os amortecedores SACHS apresentam a mais alta qualidade, o que é uma das razões pelas quais vários fabricantes automotivos renomados os usam como itens de fábrica em veículos novos. Todos os anos, mais de 10 milhões de carros novos saem da linha de montagem equipados com produtos SACHS. Da mesma forma, a SACHS aplica sua experiência de fabricante original na produção de peças de reposição, portanto seus amortecedores do mercado de reposição são sempre os mais modernos, o que se traduz em uma condução mais segura, mais confortável e contemporânea. Não importa quais sejam os desafios que a estrada apresente, a dinâmica e o desempenho do chassi que eles proporcionam garantem curvas e aderência perfeitas na estrada.

Tipos de amortecedores

Conjuntos de amortecedores SACHS

A SACHS tem um amortecedor para cada exigência, isto é, monotubo e bitubo, coxins de suspensão, suportes de molas (amortecedores com placas de mola) e cilindros de suspensão (amortecedores com sistema hidráulico de nivelamento). Um destaque especial é o amortecedor de alumínio leve SACHS que combina os efeitos de várias medidas de projeto leve. O tubo reservatório do amortecedor conta com uma parede de espessura variável para garantir a resistência quando ocorrem altas cargas. As outras áreas são projetadas o mais finas possível para diminuir o peso. A produção em volume desse produto de alta tecnologia baseia-se em um procedimento complexo que gera as diferentes espessuras da parede em até 17 etapas coordenadas de processo. Além dos amortecedores a SACHS emprega o projeto leve em coxins de suspensão.

Conjuntos de amortecedores SACHS

A SACHS tem um amortecedor para cada exigência, isto é, monotubo e bitubo, coxins de suspensão, suportes de molas (amortecedores com placas de mola) e cilindros de suspensão (amortecedores com sistema hidráulico de nivelamento). Um destaque especial é o amortecedor de alumínio leve SACHS que combina os efeitos de várias medidas de projeto leve. O tubo reservatório do amortecedor conta com uma parede de espessura variável para garantir a resistência quando ocorrem altas cargas. As outras áreas são projetadas o mais finas possível para diminuir o peso. A produção em volume desse produto de alta tecnologia baseia-se em um procedimento complexo que gera as diferentes espessuras da parede em até 17 etapas coordenadas de processo. Além dos amortecedores a SACHS emprega o projeto leve em coxins de suspensão.

Amortecedores de monotubo

Nos amortecedores monotubo a gás, o cilindro de trabalho é preenchido com óleo e gás a alta pressão de cerca de 25 a 30 bar. O pistão de separação flutuante fornece uma separação totalmente à prova de vazamentos entre o óleo e o gás.

O amortecedor monotubo SACHS pode ser instalado em qualquer posição. Ele opera em pressões superiores às do amortecedor bitubo. As vantagens são que isso torna as válvulas lamelares do pistão extremamente ágeis e também evita a formação de espuma ou bolhas no óleo hidráulico.

Nos amortecedores monotubo a gás, o cilindro de trabalho é preenchido com óleo e gás a alta pressão de cerca de 25 a 30 bar. O pistão de separação flutuante fornece uma separação totalmente à prova de vazamentos entre o óleo e o gás.

O amortecedor monotubo SACHS pode ser instalado em qualquer posição. Ele opera em pressões superiores às do amortecedor bitubo. As vantagens são que isso torna as válvulas lamelares do pistão extremamente ágeis e também evita a formação de espuma ou bolhas no óleo hidráulico.

Amortecedor monotubo SACHS
Ilustração do amortecedor monotubo SACHS

1. Junta de montagem

2. Guia da haste do pistão

3. Vedação da haste do pistão

4. Haste do pistão

5. Tubo de proteção

6. Válvula de pistão

7. Cilindro de trabalho

8. Pistão de separação

9. Compartimento do gás

10. Junta de montagem

Amortecedor monotubo SACHS
Ilustração do amortecedor monotubo SACHS

1. Junta de montagem

2. Guia da haste do pistão

3. Vedação da haste do pistão

4. Haste do pistão

5. Tubo de proteção

6. Válvula de pistão

7. Cilindro de trabalho

8. Pistão de separação

9. Compartimento do gás

10. Junta de montagem

Estágio de compressão/estágio de retorno
Ilustração do amortecedor monotubo SACHS nos estágios de compressão e retorno

Estágio de compressão

As vibrações do veículo pressionam o amortecedor.

A válvula de pistão fornece resistência contra o óleo que flui para cima do compartimento abaixo do pistão. Isso desacelera o curso descendente.

A almofada de gás é comprimida pelo volume da haste do pistão que se retrai.

Estágio de retorno

As vibrações do veículo estendem o amortecedor.

A válvula de pistão fornece resistência contra o óleo que flui para baixo do compartimento acima do pistão. Isso desacelera o curso ascendente.

A almofada de gás é expandida pelo volume da haste do pistão que se estende.

Estágio de compressão/estágio de retorno
Ilustração do amortecedor monotubo SACHS nos estágios de compressão e retorno

Estágio de compressão

As vibrações do veículo pressionam o amortecedor.

A válvula de pistão fornece resistência contra o óleo que flui para cima do compartimento abaixo do pistão. Isso desacelera o curso descendente.

A almofada de gás é comprimida pelo volume da haste do pistão que se retrai.

Estágio de retorno

As vibrações do veículo estendem o amortecedor.

A válvula de pistão fornece resistência contra o óleo que flui para baixo do compartimento acima do pistão. Isso desacelera o curso ascendente.

A almofada de gás é expandida pelo volume da haste do pistão que se estende.

Amortecedores bitubo

Os amortecedores bitubo têm dois compartimentos preenchidos com óleo: o compartimento de trabalho em que o pistão e sua haste se deslocam e o compartimento de compensação. O compartimento de compensação se localiza entre o cilindro de trabalho e o tubo reservatório e é preenchido com 2/3 de óleo e 1/3 de ar ou gás. Assim, o amortecedor bitubo tem um tempo de instalação menor do que o seu equivalente monotubo.

As características da força de amortecimento do amortecedor bitubo são projetadas especificamente para cada tipo de veículo pois elas são adaptadas ao peso do veículo, ao projeto do eixo e às molas da suspensão.

Os amortecedores bitubo têm dois compartimentos preenchidos com óleo: o compartimento de trabalho em que o pistão e sua haste se deslocam e o compartimento de compensação. O compartimento de compensação se localiza entre o cilindro de trabalho e o tubo reservatório e é preenchido com 2/3 de óleo e 1/3 de ar ou gás. Assim, o amortecedor bitubo tem um tempo de instalação menor do que o seu equivalente monotubo.

As características da força de amortecimento do amortecedor bitubo são projetadas especificamente para cada tipo de veículo pois elas são adaptadas ao peso do veículo, ao projeto do eixo e às molas da suspensão.

Amortecedor bitubo SACHS
Ilustração do amortecedor bitubo SACHS

1. Junta de montagem

2. Vedação da haste do pistão

3. Guia da haste do pistão

4. Haste do pistão

5. Compartimento de compensação

6. Tubo de proteção

7. Tubo reservatório

8. Válvula de pistão

9. Cilindro de trabalho

10. Válvula inferior

11. Junta de montagem

Amortecedor bitubo SACHS
Ilustração do amortecedor bitubo SACHS

1. Junta de montagem

2. Vedação da haste do pistão

3. Guia da haste do pistão

4. Haste do pistão

5. Compartimento de compensação

6. Tubo de proteção

7. Tubo reservatório

8. Válvula de pistão

9. Cilindro de trabalho

10. Válvula inferior

11. Junta de montagem

Estágio de compressão/estágio de retorno
Ilustração dos estágios de compressão e retorno do amortecedor bitubo SACHS

Estágio de compressão

As vibrações do veículo pressionam o amortecedor e a válvula inferior determina o grau do amortecimento.

O óleo deslocado pela haste do pistão que se retrai flui para o compartimento de compensação, onde a válvula inferior resiste a esse fluxo desacelerando assim o curso.

A válvula do pistão está aberta. Nesse estado, ela funciona como uma válvula de retenção.

Estágio de retorno

As vibrações do veículo expandem o amortecedor e a válvula inferior determina o grau do amortecimento.

A válvula de pistão fornece resistência contra o óleo que flui para baixo do compartimento acima do pistão. Isso desacelera o curso ascendente.

Através da válvula de retenção aberta da válvula inferior, o óleo que precisa voltar para o compartimento de trabalho pode fluir sem obstruções para fora do compartimento de compensação.

Estágio de compressão/estágio de retorno
Ilustração dos estágios de compressão e retorno do amortecedor bitubo SACHS

Estágio de compressão

As vibrações do veículo pressionam o amortecedor e a válvula inferior determina o grau do amortecimento.

O óleo deslocado pela haste do pistão que se retrai flui para o compartimento de compensação, onde a válvula inferior resiste a esse fluxo desacelerando assim o curso.

A válvula do pistão está aberta. Nesse estado, ela funciona como uma válvula de retenção.

Estágio de retorno

As vibrações do veículo expandem o amortecedor e a válvula inferior determina o grau do amortecimento.

A válvula de pistão fornece resistência contra o óleo que flui para baixo do compartimento acima do pistão. Isso desacelera o curso ascendente.

Através da válvula de retenção aberta da válvula inferior, o óleo que precisa voltar para o compartimento de trabalho pode fluir sem obstruções para fora do compartimento de compensação.

Os amortecedores amenizam as vibrações

Os amortecedores dos carros de passeio, junto com as molas, forma o elo final entre a suspensão e o chassi do veículo. Eles são um componente de segurança que reduz as vibrações nas molas da suspensão, desacelerando-as e reduzindo assim o movimento do chassi do veículo. O termo “amortecedor” é, portanto, na verdade, equivocado - a rigor, ele é um “absorvedor de vibrações”.

Os amortecedores dos carros de passeio, junto com as molas, forma o elo final entre a suspensão e o chassi do veículo. Eles são um componente de segurança que reduz as vibrações nas molas da suspensão, desacelerando-as e reduzindo assim o movimento do chassi do veículo. O termo “amortecedor” é, portanto, na verdade, equivocado - a rigor, ele é um “absorvedor de vibrações”.

O impacto de se dirigir sobre terreno irregular é absorvido pela suspensão. Ele impede que a massa suportada pelas molas (M2 = chassi do veículo e carga) entre em contato com a massa não suportada (M1 = eixo e rodas). Após a compressão, as molas da suspensão tentam afastar a massa suportada por elas da massa não suportada. Os amortecedores permitem que as vibrações resultantes do eixo e do chassi diminuam.

O impacto de se dirigir sobre terreno irregular é absorvido pela suspensão. Ele impede que a massa suportada pelas molas (M2 = chassi do veículo e carga) entre em contato com a massa não suportada (M1 = eixo e rodas). Após a compressão, as molas da suspensão tentam afastar a massa suportada por elas da massa não suportada. Os amortecedores permitem que as vibrações resultantes do eixo e do chassi diminuam.

Componentes SACHS

Tudo de uma única origem: Componentes SACHS

A linha de produtos da SACHS cobre todos os principais componentes de amortecimento desde vedações até batentes. A SACHS também fornece todos os componentes adicionais como coxins de suspensão, kits de serviço e, obviamente, molas de suspensão.

Inspeção regular dos amortecedores

Um de cada sete veículos está rodando com pelo menos um amortecedor desgastado – um grande risco para a segurança. A troca de amortecedores danificados na oficina especializada coloca os clientes novamente com segurança na estrada.

Inspeção regular dos amortecedores

Um de cada sete veículos está rodando com pelo menos um amortecedor desgastado – um grande risco para a segurança. A troca de amortecedores danificados na oficina especializada coloca os clientes novamente com segurança na estrada.

Mais informações