Presença mundial da SACHS -

O seu parceiro, esteja onde estiver

Está aqui:

España / Portugal Español | Português

Está aqui:

España / Portugal Español | Português
worldmap


Idioma
Contacto

Portugal

Portugal

Qualidade superior garantida:
Embraiagens SACHS para veículos comerciais ligeiros

Os veículos comerciais ligeiros têm de estar sempre no seu melhor, dia após dia. Com as embraiagens SACHS, os veículos de transporte estão perfeitamente equipados para tal, seja no trânsito para-arranca urbano ou horas a fio na autoestrada. Proporcionam máximo conforto no arranque e amortecem eficazmente os ruídos de vibração. Os produtos SACHS para veículos comerciais ligeiros são sinónimo de fiabilidade perfeita.

Os veículos comerciais ligeiros têm de estar sempre no seu melhor, dia após dia. Com as embraiagens SACHS, os veículos de transporte estão perfeitamente equipados para tal, seja no trânsito para-arranca urbano ou horas a fio na autoestrada. Proporcionam máximo conforto no arranque e amortecem eficazmente os ruídos de vibração. Os produtos SACHS para veículos comerciais ligeiros são sinónimo de fiabilidade perfeita.

Kit de embraiagem para veículos comerciais ligeiros

Kit de embraiagem SACHS para veículos comerciais ligeiros
Kit de embraiagem SACHS para veículos comerciais ligeiros

Atualmente, a vida útil de componentes de embraiagem individuais é quase idêntica. O kit de embraiagem SACHS para veículos comerciais ligeiros toma este fato em consideração e fornece todos os componentes relevantes necessários para substituição da embraiagem, nomeadamente o prato da embraiagem, o disco da embraiagem e o encosto da embraiagem.

O prático kit inclui também um lubrificante especial para montagem, que garante o funcionamento perfeito da embraiagem após a substituição. O kit de embraiagem SACHS para veículos comerciais ligeiros permite, assim, uma substituição segura, eficaz e rápida da embraiagem.

Kit de embraiagem SACHS para veículos comerciais ligeiros
Kit de embraiagem SACHS para veículos comerciais ligeiros

Atualmente, a vida útil de componentes de embraiagem individuais é quase idêntica. O kit de embraiagem SACHS para veículos comerciais ligeiros toma este fato em consideração e fornece todos os componentes relevantes necessários para substituição da embraiagem, nomeadamente o prato da embraiagem, o disco da embraiagem e o encosto da embraiagem.

O prático kit inclui também um lubrificante especial para montagem, que garante o funcionamento perfeito da embraiagem após a substituição. O kit de embraiagem SACHS para veículos comerciais ligeiros permite, assim, uma substituição segura, eficaz e rápida da embraiagem.

Prato da embraiagem XTend para veículos comerciais ligeiros

Prato da embraiagem XTend SACHS para veículos comerciais ligeiros
Prato da embraiagem XTend SACHS para veículos comerciais ligeiros

Mesmo a embraiagem mais durável e da mais alta qualidade de um veículo comercial ligeiro está sujeita a desgaste durante o funcionamento normal. Para contrariar esta tendência, a tecnologia do prato da embraiagem XTend da SACHS realiza a compensação automática do desgaste. Eis como funciona: o prato da embraiagem XTend para veículos comerciais ligeiros separa o desgaste da guarnição do movimento da mola de diafragma. O mecanismo de compensação monitoriza constantemente a redução da guarnição e compensa de forma fiável esta distância, fazendo rodar um anel de afinação. Tal assegura um equilíbrio constante das forças e prolonga a vida útil porque as guarnições podem ser sujeitas a maior desgaste. Uma vantagem adicional do XTend é o seu design: o espaço de montagem axial necessário para o sistema de embraiagem com desgaste funcional é menor graças à aplicação de XTend.

Prato da embraiagem XTend SACHS para veículos comerciais ligeiros
Prato da embraiagem XTend SACHS para veículos comerciais ligeiros

Mesmo a embraiagem mais durável e da mais alta qualidade de um veículo comercial ligeiro está sujeita a desgaste durante o funcionamento normal. Para contrariar esta tendência, a tecnologia do prato da embraiagem XTend da SACHS realiza a compensação automática do desgaste. Eis como funciona: o prato da embraiagem XTend para veículos comerciais ligeiros separa o desgaste da guarnição do movimento da mola de diafragma. O mecanismo de compensação monitoriza constantemente a redução da guarnição e compensa de forma fiável esta distância, fazendo rodar um anel de afinação. Tal assegura um equilíbrio constante das forças e prolonga a vida útil porque as guarnições podem ser sujeitas a maior desgaste. Uma vantagem adicional do XTend é o seu design: o espaço de montagem axial necessário para o sistema de embraiagem com desgaste funcional é menor graças à aplicação de XTend.

Rolamentos piloto para veículos comerciais ligeiros

Rolamentos piloto SACHS para veículos comerciais ligeiros
Rolamentos piloto SACHS para veículos comerciais ligeiros

O rolamento piloto, também designado de rolamento guia, é predominantemente responsável pela funcionamento da embraiagem. Guia o veio de transmissão primário, sendo por isso predominantemente responsável pela funcionamento da embraiagem. Se o desgaste provocar um desvio angular, o veio deixa de ser adequadamente suportado, o que pode causar defeitos na embraiagem. A SACHS disponibiliza rolamento pilotos para todos os modelos de veículos comuns. Aquando da substituição da embraiagem, o rolamento piloto deve ser sempre inspecionado e, se necessário, substituído também.

Rolamentos piloto SACHS para veículos comerciais ligeiros
Rolamentos piloto SACHS para veículos comerciais ligeiros

O rolamento piloto, também designado de rolamento guia, é predominantemente responsável pela funcionamento da embraiagem. Guia o veio de transmissão primário, sendo por isso predominantemente responsável pela funcionamento da embraiagem. Se o desgaste provocar um desvio angular, o veio deixa de ser adequadamente suportado, o que pode causar defeitos na embraiagem. A SACHS disponibiliza rolamento pilotos para todos os modelos de veículos comuns. Aquando da substituição da embraiagem, o rolamento piloto deve ser sempre inspecionado e, se necessário, substituído também.

Avaliação dos danos

  • Patinagem
  • Embraiagem não desembraia
    Avaliação dos danos SACHS: Embraiagem não desembraia

    Se a embraiagem não desembraiar, a causa pode não residir necessariamente na embraiagem. Com frequência, a causa está no sistema de desengate da embraiagem, no rolamento piloto ou em erros de instalação. Para informações detalhadas sobre a avaliação de danos, aceda à sugestão para a oficina: “Embraiagem não efetua separação”.

    Avaliação dos danos SACHS: Embraiagem não desembraia

    Se a embraiagem não desembraiar, a causa pode não residir necessariamente na embraiagem. Com frequência, a causa está no sistema de desengate da embraiagem, no rolamento piloto ou em erros de instalação. Para informações detalhadas sobre a avaliação de danos, aceda à sugestão para a oficina: “Embraiagem não efetua separação”.

  • Trepidação da embraiagem
    Avaliação dos danos SACHS: Trepidação da embraiagem

    A trepidação da embraiagem não é necessariamente causada por uma embraiagem defeituosa. Para informações detalhadas sobre a avaliação de danos, aceda à sugestão útil: “Trepidação da embraiagem”.

    Avaliação dos danos SACHS: Trepidação da embraiagem

    A trepidação da embraiagem não é necessariamente causada por uma embraiagem defeituosa. Para informações detalhadas sobre a avaliação de danos, aceda à sugestão útil: “Trepidação da embraiagem”.

  • Ruído da embraiagem
    Avaliação dos danos SACHS: Ruído da embraiagem

    O ruído da embraiagem como chiadeira ou batidas nem sempre é sinal de uma embraiagem defeituosa. A chiadeira pode, por exemplo, também ser causada pelo contacto descentrado do encosto da embraiagem, veios primários descentrados ou rolamento piloto defeituoso.

    O matraqueado pode dever-se a alterações de carga, se o disco da embraiagem possuir pré-amortecedores. Estes ruídos não prejudicam o funcionamento nem a vida útil do disco da embraiagem.

    Peças incorretamente instaladas ou a instalação do disco da embraiagem numa posição incorreta também podem causar ruído.

    Por isso, deve ponderar-se as seguintes questões:

    • A peça foi instalada corretamente?
    • Foi montada na posição de instalação correta?
    • Os rolamentos piloto estão instalados e em boas condições?

    Para informações adicionais sobre o ruído da embraiagem e avaliações profissionais, aceda à sugestão útil: “Ruído da embraiagem”.

    Avaliação dos danos SACHS: Ruído da embraiagem

    O ruído da embraiagem como chiadeira ou batidas nem sempre é sinal de uma embraiagem defeituosa. A chiadeira pode, por exemplo, também ser causada pelo contacto descentrado do encosto da embraiagem, veios primários descentrados ou rolamento piloto defeituoso.

    O matraqueado pode dever-se a alterações de carga, se o disco da embraiagem possuir pré-amortecedores. Estes ruídos não prejudicam o funcionamento nem a vida útil do disco da embraiagem.

    Peças incorretamente instaladas ou a instalação do disco da embraiagem numa posição incorreta também podem causar ruído.

    Por isso, deve ponderar-se as seguintes questões:

    • A peça foi instalada corretamente?
    • Foi montada na posição de instalação correta?
    • Os rolamentos piloto estão instalados e em boas condições?

    Para informações adicionais sobre o ruído da embraiagem e avaliações profissionais, aceda à sugestão útil: “Ruído da embraiagem”.

  • Problemas no ambiente da embraiagem

    Os problemas que surgem no ambiente da embraiagem causados por componentes, na maioria dos casos indicam que foram esquecidos ou ignorados pontos importantes durante a substituição da embraiagem. Por isso, é necessário inspecionar os seguintes componentes quanto a fiabilidade do funcionamento e/ou desgaste:

    • Rolamento piloto
    • Tubo guia
    • Sistema de desengate da embraiagem

    Os problemas que surgem no ambiente da embraiagem causados por componentes, na maioria dos casos indicam que foram esquecidos ou ignorados pontos importantes durante a substituição da embraiagem. Por isso, é necessário inspecionar os seguintes componentes quanto a fiabilidade do funcionamento e/ou desgaste:

    • Rolamento piloto
    • Tubo guia
    • Sistema de desengate da embraiagem

Perguntas frequentes sobre embraiagens

  • Quais é a função da embraiagem?

    A embraiagem desempenha várias funções no veículo. Liga a massa ao motor sem solavancos, interrompe a transmissão de potência entre o motor e a caixa de velocidades quando o veículo para e interrompe o fluxo de força para mudar a relação de transmissão. Adicionalmente, amortece as vibrações e protege contra sobrecargas.

    A embraiagem desempenha várias funções no veículo. Liga a massa ao motor sem solavancos, interrompe a transmissão de potência entre o motor e a caixa de velocidades quando o veículo para e interrompe o fluxo de força para mudar a relação de transmissão. Adicionalmente, amortece as vibrações e protege contra sobrecargas.

  • Quais são os componentes de uma embraiagem?
    Componentes da embraiagem SACHS

    Uma embraiagem completa é constituída pelo volante do motor ou volante de duas massas (VDM), disco da embraiagem, prato da embraiagem e encosto da embraiagem.

    Componentes da embraiagem SACHS

    Uma embraiagem completa é constituída pelo volante do motor ou volante de duas massas (VDM), disco da embraiagem, prato da embraiagem e encosto da embraiagem.

  • Em que parte do veículo está localizada a embraiagem?
    SACHS localização da embraiagem no veículo

    A embraiagem situa-se entre o motor e a transmissão.

    SACHS localização da embraiagem no veículo

    A embraiagem situa-se entre o motor e a transmissão.

  • Como funciona o prato da embraiagem XTend para veículos comerciais ligeiros?
    Prato da embraiagem XTend para automóveis de passageiros
    Prato da embraiagem XTend SACHS

    O prato da embraiagem XTend da SACHS realiza a compensação automática do desgaste, separando o desgaste da guarnição do movimento da mola de diafragma.

    O desgaste da guarnição altera a posição de instalação da mola de diafragma à medida que o prato se move na direção do volante do motor. Em resultado disso, as molas de lâminas são movidas axialmente, indo para uma posição mais íngreme; a força de contacto e do pedal aumenta. Sempre que a embraiagem é atuada, o batente da tampa regista o desgaste da camada e levanta a mola de retenção dos anéis de afinação o equivalente ao caminho de desgaste. A corrediça em forma de cunha (puxada pela mola extensora) move-se para a folga recém-formada e trava a mola de retenção na posição subida. Quando a embraiagem é desengatada, o par de anéis de afinação é axialmente aliviado. Devido ao pré-esforço da mola do anel de afinação, o anel de afinação inferior roda até que o anel superior fique em contacto com a mola de retenção outra vez. A mola de diafragma volta à sua posição original e o desgaste da camada de revestimento foi compensado.

    Prato da embraiagem XTend para automóveis de passageiros
    Prato da embraiagem XTend SACHS

    O prato da embraiagem XTend da SACHS realiza a compensação automática do desgaste, separando o desgaste da guarnição do movimento da mola de diafragma.

    O desgaste da guarnição altera a posição de instalação da mola de diafragma à medida que o prato se move na direção do volante do motor. Em resultado disso, as molas de lâminas são movidas axialmente, indo para uma posição mais íngreme; a força de contacto e do pedal aumenta. Sempre que a embraiagem é atuada, o batente da tampa regista o desgaste da camada e levanta a mola de retenção dos anéis de afinação o equivalente ao caminho de desgaste. A corrediça em forma de cunha (puxada pela mola extensora) move-se para a folga recém-formada e trava a mola de retenção na posição subida. Quando a embraiagem é desengatada, o par de anéis de afinação é axialmente aliviado. Devido ao pré-esforço da mola do anel de afinação, o anel de afinação inferior roda até que o anel superior fique em contacto com a mola de retenção outra vez. A mola de diafragma volta à sua posição original e o desgaste da camada de revestimento foi compensado.

  • Que aspetos têm de ser considerados ao substituir um prato da embraiagem XTend para veículos comerciais ligeiros?

    Utilizar sempre uma ferramenta especial para substituir a embraiagem XTend.

    Durante a desmontagem, não esquecer que o batente da tampa é levantado da tampa da embraiagem. Se não for aliviado, o mecanismo de afinação é acionado durante a desmontagem, não sendo uma reposição possível. Como o desgaste da guarnição é memorizado mecanicamente no prato da embraiagem, só é possível reinstalar a unidade que já foi utilizada (prato e disco da embraiagem). Se for necessário um novo disco da embraiagem, o prato da embraiagem também tem de ser substituído. Como o mecanismo de compensação do prato da embraiagem que já foi utilizado, não pode ser reposto, a embraiagem deixaria de efetuar a separação corretamente.

    Utilizar sempre uma ferramenta especial para substituir a embraiagem XTend.

    Durante a desmontagem, não esquecer que o batente da tampa é levantado da tampa da embraiagem. Se não for aliviado, o mecanismo de afinação é acionado durante a desmontagem, não sendo uma reposição possível. Como o desgaste da guarnição é memorizado mecanicamente no prato da embraiagem, só é possível reinstalar a unidade que já foi utilizada (prato e disco da embraiagem). Se for necessário um novo disco da embraiagem, o prato da embraiagem também tem de ser substituído. Como o mecanismo de compensação do prato da embraiagem que já foi utilizado, não pode ser reposto, a embraiagem deixaria de efetuar a separação corretamente.

  • Por que razão deve a embraiagem XTend ser instalada com a ajuda de uma ferramenta pré-tensora?

    Para garantir que o mecanismo de refinação funciona adequadamente e não fica entalado. Permite a instalação da embraiagem sem esforços desnecessários.

    Para garantir que o mecanismo de refinação funciona adequadamente e não fica entalado. Permite a instalação da embraiagem sem esforços desnecessários.

  • Que aspetos têm de ser considerados ao instalar a embraiagem?

    Os parafusos que fixam o prato da embraiagem ao volante do motor têm de ser apertados e/ou desapertando de forma alternada e em cruz. As placas de montagem e/ou dispositivos de proteção durante o transporte têm de ser removidos depois da instalação. De igual forma, as guarnições da embraiagem devem estar limpas de pó, sujidade, óleo e/ou massa lubrificante. Verifique a posição de centragem da carcaça da campânula da embraiagem na caixa de velocidades em relação ao cárter do motor para evitar desalinhamentos.

    Os parafusos que fixam o prato da embraiagem ao volante do motor têm de ser apertados e/ou desapertando de forma alternada e em cruz. As placas de montagem e/ou dispositivos de proteção durante o transporte têm de ser removidos depois da instalação. De igual forma, as guarnições da embraiagem devem estar limpas de pó, sujidade, óleo e/ou massa lubrificante. Verifique a posição de centragem da carcaça da campânula da embraiagem na caixa de velocidades em relação ao cárter do motor para evitar desalinhamentos.

  • Que aspetos têm de ser considerados ao instalar um disco da embraiagem?
    Controlo de um disco da embraiagem SACHS

    Antes da instalação do disco da embraiagem, deve usar-se um dispositivo de controlo da excentricidade lateral para garantir que a excentricidade lateral do disco da embraiagem não excede 0,5 mm. Obtenha informações detalhadas sobre o dispositivo de controlo da excentricidade lateral na sugestão útil: “Controlo do disco da embraiagem”.

    Controlo de um disco da embraiagem SACHS

    Antes da instalação do disco da embraiagem, deve usar-se um dispositivo de controlo da excentricidade lateral para garantir que a excentricidade lateral do disco da embraiagem não excede 0,5 mm. Obtenha informações detalhadas sobre o dispositivo de controlo da excentricidade lateral na sugestão útil: “Controlo do disco da embraiagem”.

  • Que fatores podem afetar negativamente a vida útil de uma embraiagem?

    A vida útil de uma embraiagem depende de inúmeros fatores, entre eles o esforço aplicado e o estilo de condução. A embraiagem é negativamente afetada, por exemplo, ao arrancar com uma mudança demasiado alta ou velocidade de rotação excessiva, fazer o ponto de embraiagem em subidas. Adicionalmente, deve evitar-se desacelerar com a embraiagem através de reduções ou sobrecarregar o veículo e/ou o reboque. Os arranques em inclinações muito íngremes em rápida sucessão e as manobras frequentes são outros fatores.

    A vida útil de uma embraiagem depende de inúmeros fatores, entre eles o esforço aplicado e o estilo de condução. A embraiagem é negativamente afetada, por exemplo, ao arrancar com uma mudança demasiado alta ou velocidade de rotação excessiva, fazer o ponto de embraiagem em subidas. Adicionalmente, deve evitar-se desacelerar com a embraiagem através de reduções ou sobrecarregar o veículo e/ou o reboque. Os arranques em inclinações muito íngremes em rápida sucessão e as manobras frequentes são outros fatores.

  • Quando efetua a embraiagem a separação de forma perfeita?

    Para examinar as características de separação, desengate a embraiagem com o motor ao ralenti. Aguarde três segundos. A seguir, a mudança de marcha-atrás deve engatar sem ruído (importante: o engate imediato da mudança de marcha-atrás causa sempre ruído).

    Para examinar as características de separação, desengate a embraiagem com o motor ao ralenti. Aguarde três segundos. A seguir, a mudança de marcha-atrás deve engatar sem ruído (importante: o engate imediato da mudança de marcha-atrás causa sempre ruído).

  • Quando patina a embraiagem?

    Antes do teste, deve dar uma pequena volta com o veículo, acionando a embraiagem várias vezes até atingir a temperatura de serviço. De seguida, aplique firmemente o travão de estacionamento, engate a mudança mais alta e acelere no estado desengatado até aprox. 2000 rpm do motor. Mantenha as rotações e engate rapidamente a embraiagem.

    Se o motor for abaixo, a capacidade de transmissão da embraiagem está OK. Para evitar sobrecarga, repita este procedimento uma só vez.

    Antes do teste, deve dar uma pequena volta com o veículo, acionando a embraiagem várias vezes até atingir a temperatura de serviço. De seguida, aplique firmemente o travão de estacionamento, engate a mudança mais alta e acelere no estado desengatado até aprox. 2000 rpm do motor. Mantenha as rotações e engate rapidamente a embraiagem.

    Se o motor for abaixo, a capacidade de transmissão da embraiagem está OK. Para evitar sobrecarga, repita este procedimento uma só vez.

Informações adicionais