Presença mundial da SACHS -

O seu parceiro, esteja onde estiver

Está aqui:

España / Portugal Español | Português

Está aqui:

España / Portugal Español | Português
worldmap


Portugal

Portugal

Amortecedores para automóveis de passageiros:
segurança e conforto de condução melhorados.

Os amortecedores SACHS são da mais alta qualidade, sendo essa uma das razões pela qual inúmeros fabricantes automóveis bem conhecidos os instalam nos seus novos veículos como equipamento de série. Todos os anos saem da linha de produção mais de 10 milhões de novos automóveis equipados com produtos SACHS. Adicionalmente, a SACHS aplica o seu know-how a nível de equipamento original à produção de peças de reposição, pelos que os seus amortecedores vendidos nos mercado pós-venda apresentam características de ponta, proporcionando características de condução mais seguras, mais confortáveis e adequadas ao estilo de vida moderno. Não importa os desafios colocado pela estrada, o desempenho e o dinamismo do chassis proporcionados garantem uma aderência à estrada e um comportamento nas curvas perfeitos.

Os amortecedores SACHS são da mais alta qualidade, sendo essa uma das razões pela qual inúmeros fabricantes automóveis bem conhecidos os instalam nos seus novos veículos como equipamento de série. Todos os anos saem da linha de produção mais de 10 milhões de novos automóveis equipados com produtos SACHS. Adicionalmente, a SACHS aplica o seu know-how a nível de equipamento original à produção de peças de reposição, pelos que os seus amortecedores vendidos nos mercado pós-venda apresentam características de ponta, proporcionando características de condução mais seguras, mais confortáveis e adequadas ao estilo de vida moderno. Não importa os desafios colocado pela estrada, o desempenho e o dinamismo do chassis proporcionados garantem uma aderência à estrada e um comportamento nas curvas perfeitos.

Tipos de amortecedores

SACHS grupos de amortecedores

A SACHS tem disponíveis amortecedores para todas as necessidades, por exemplo, amortecedores de 1 ou 2 tubos, suportes de suspensão, cavaletes de mola (amortecedores com lamela de mola) e cilindros de suspensão (amortecedores com sistema de nivelamento hidráulico). Um produto especial em destaque é o amortecedor de baixo peso feito de alumínio da SACHS, que combina os efeitos de várias medidas de baixo peso aplicadas ao design. O tubo reservatório do amortecedor tem uma espessura de parede variável que garante a resistência na presença de elevadas cargas. As outras áreas são concebidas o mais finas possível para poupar peso. A produção em série deste produto de alta tecnologia baseia-se num processo complexo, que forma a espessura de parede variável e conta com até 17 passos do processo coordenados. O design leve além de ser usado para amortecedores é também usado pela SACHS em suportes de suspensão.

SACHS grupos de amortecedores

A SACHS tem disponíveis amortecedores para todas as necessidades, por exemplo, amortecedores de 1 ou 2 tubos, suportes de suspensão, cavaletes de mola (amortecedores com lamela de mola) e cilindros de suspensão (amortecedores com sistema de nivelamento hidráulico). Um produto especial em destaque é o amortecedor de baixo peso feito de alumínio da SACHS, que combina os efeitos de várias medidas de baixo peso aplicadas ao design. O tubo reservatório do amortecedor tem uma espessura de parede variável que garante a resistência na presença de elevadas cargas. As outras áreas são concebidas o mais finas possível para poupar peso. A produção em série deste produto de alta tecnologia baseia-se num processo complexo, que forma a espessura de parede variável e conta com até 17 passos do processo coordenados. O design leve além de ser usado para amortecedores é também usado pela SACHS em suportes de suspensão.

Amortecedores monotubo

Em amortecedores monotubo cheios de gás, o cilindro é enchido com óleo e gás a alta pressão de aprox. 25 a 30 bares. O pistão flutuante de separação garante uma separação totalmente estanque entre o óleo e o gás.

O amortecedor monotubo SACHS pode se instalado em qualquer posição. Funciona a uma pressão mais alta do que o amortecedor bitubo. Isto apresenta a vantagem de tornar as válvulas de lamelas no pistão altamente sensíveis, além de prevenir a formação de espuma e bolhas no óleo hidráulico.

Em amortecedores monotubo cheios de gás, o cilindro é enchido com óleo e gás a alta pressão de aprox. 25 a 30 bares. O pistão flutuante de separação garante uma separação totalmente estanque entre o óleo e o gás.

O amortecedor monotubo SACHS pode se instalado em qualquer posição. Funciona a uma pressão mais alta do que o amortecedor bitubo. Isto apresenta a vantagem de tornar as válvulas de lamelas no pistão altamente sensíveis, além de prevenir a formação de espuma e bolhas no óleo hidráulico.

Amortecedor monotubo SACHS
Imagem do amortecedor monotubo SACHS

1. União de montagem

2. Guia da haste do pistão

3. Vedante da haste do pistão

4. Haste do pistão

5. Tubo de proteção

6. Válvula do pistão

7. Cilindro de trabalho

8. Pistão de separação

9. Câmara de gás

10. União de montagem

Amortecedor monotubo SACHS
Imagem do amortecedor monotubo SACHS

1. União de montagem

2. Guia da haste do pistão

3. Vedante da haste do pistão

4. Haste do pistão

5. Tubo de proteção

6. Válvula do pistão

7. Cilindro de trabalho

8. Pistão de separação

9. Câmara de gás

10. União de montagem

Estágio de compressão/estágio de ressalto
Imagem estágios de compressão e ressalto do amortecedor monotubo SACHS

Estágio de compressão

As vibrações do veículo comprimem o amortecedor.

A válvula do pistão exerce resistência contra o óleo que sobe desde a câmara por baixo do pistão. Isto torna mais lento o movimento descendente.

A almofada de gás é comprimida por efeito do volume da haste do pistão a retrair.

Estágio de ressalto

As vibrações do veículo expandem o amortecedor.

A válvula do pistão exerce resistência contra o óleo que desce desde a câmara por cima do pistão. Isto torna mais lento o movimento ascendente.

A almofada de gás é expandida por efeito do volume da haste do pistão a esticar.

Estágio de compressão/estágio de ressalto
Imagem estágios de compressão e ressalto do amortecedor monotubo SACHS

Estágio de compressão

As vibrações do veículo comprimem o amortecedor.

A válvula do pistão exerce resistência contra o óleo que sobe desde a câmara por baixo do pistão. Isto torna mais lento o movimento descendente.

A almofada de gás é comprimida por efeito do volume da haste do pistão a retrair.

Estágio de ressalto

As vibrações do veículo expandem o amortecedor.

A válvula do pistão exerce resistência contra o óleo que desce desde a câmara por cima do pistão. Isto torna mais lento o movimento ascendente.

A almofada de gás é expandida por efeito do volume da haste do pistão a esticar.

Amortecedores bitubo

Os amortecedores bitubo têm duas câmaras cheias com óleo: a câmara de trabalho em que o pistão e a haste do pistão se movem e a câmara de compensação. A câmara de compensação está localizada entre o cilindro de trabalho e o tubo reservatório e é enchido 2/3 com óleo e 1/3 com ar ou gás. Em consequência, o amortecedor bitubo tem um comprimento de instalação mais curto que a versão monotubo.

As características da força de amortecimento do amortecedor bitubo são especificamente concebidas para cada tipo de veículo, ou seja, são adaptadas ao peso do veículo, ao design do eixo e às molas de suspensão.

Os amortecedores bitubo têm duas câmaras cheias com óleo: a câmara de trabalho em que o pistão e a haste do pistão se movem e a câmara de compensação. A câmara de compensação está localizada entre o cilindro de trabalho e o tubo reservatório e é enchido 2/3 com óleo e 1/3 com ar ou gás. Em consequência, o amortecedor bitubo tem um comprimento de instalação mais curto que a versão monotubo.

As características da força de amortecimento do amortecedor bitubo são especificamente concebidas para cada tipo de veículo, ou seja, são adaptadas ao peso do veículo, ao design do eixo e às molas de suspensão.

Amortecedor bitubo SACHS
Imagem amortecedor bitubo SACHS

1. União de montagem

2. Vedante da haste do pistão

3. Guia da haste do pistão

4. Haste do pistão

5. Câmara de compensação

6. Tubo de proteção

7. Tubo reservatório

8. Válvula do pistão

9. Cilindro de trabalho

10. Válvula inferior

11. União de montagem

Amortecedor bitubo SACHS
Imagem amortecedor bitubo SACHS

1. União de montagem

2. Vedante da haste do pistão

3. Guia da haste do pistão

4. Haste do pistão

5. Câmara de compensação

6. Tubo de proteção

7. Tubo reservatório

8. Válvula do pistão

9. Cilindro de trabalho

10. Válvula inferior

11. União de montagem

Estágio de compressão/estágio de ressalto
Imagem do amortecedor bitubo estágios de compressão e ressalto

Estágio de compressão

As vibrações do veículo comprimem o amortecedor, sendo o grau de amortecimento determinado pela válvula inferior.

O óleo deslocado pela haste do pistão a retrair-se flui para a câmara de compensação, onde a válvula inferior resiste a este fluxo e, dessa forma torna mais lento o curso ou movimento.

A válvula do pistão está aberta. Neste estado, funciona como válvula antirretorno.

Estágio de ressalto

As vibrações do veículo expandem o amortecedor, sendo o grau de amortecimento determinado pela válvula inferior.

A válvula do pistão exerce resistência contra o óleo que desce desde a câmara por cima do pistão. Isto torna mais lento o movimento ascendente.

Por ação da válvula antirretorno aberta na válvula inferior, o óleo que tem de voltar à câmara de trabalho pode fluir livremente para fora da câmara de compensação.

Estágio de compressão/estágio de ressalto
Imagem do amortecedor bitubo estágios de compressão e ressalto

Estágio de compressão

As vibrações do veículo comprimem o amortecedor, sendo o grau de amortecimento determinado pela válvula inferior.

O óleo deslocado pela haste do pistão a retrair-se flui para a câmara de compensação, onde a válvula inferior resiste a este fluxo e, dessa forma torna mais lento o curso ou movimento.

A válvula do pistão está aberta. Neste estado, funciona como válvula antirretorno.

Estágio de ressalto

As vibrações do veículo expandem o amortecedor, sendo o grau de amortecimento determinado pela válvula inferior.

A válvula do pistão exerce resistência contra o óleo que desce desde a câmara por cima do pistão. Isto torna mais lento o movimento ascendente.

Por ação da válvula antirretorno aberta na válvula inferior, o óleo que tem de voltar à câmara de trabalho pode fluir livremente para fora da câmara de compensação.

Os amortecedores amortecem as vibrações nas molas de suspensão e, logo, na carroçaria do veículo

Um amortecedor de uma automóvel de passageiros, em conjunto com a mola, forma a ligação terminal entre a suspensão e a carroçaria do veículo. É um componentes relevante para a segurança fundamental que reduz as vibrações na mola de suspensão, tornando-a mais lenta e logo reduzindo o movimento da carroçaria do veículo. O “amortecedor” é, desta forma, rigorosamente falando, um amortecedor de vibrações.

Um amortecedor de uma automóvel de passageiros, em conjunto com a mola, forma a ligação terminal entre a suspensão e a carroçaria do veículo. É um componentes relevante para a segurança fundamental que reduz as vibrações na mola de suspensão, tornando-a mais lenta e logo reduzindo o movimento da carroçaria do veículo. O “amortecedor” é, desta forma, rigorosamente falando, um amortecedor de vibrações.

O impacto da condução em piso irregular é absorvido pela suspensão. Impede que as massas suportadas pelas molas (M2 = carroçaria do veículo e carga útil) entrem em contacto com as massas não suportadas (M1 = eixo e rodas). A seguir à compressão, a molas de suspensão tentam afastar as massas suportas pelas molas das não suportadas. Os amortecedores apaziguam as vibrações resultantes no eixo e na carroçaria.

O impacto da condução em piso irregular é absorvido pela suspensão. Impede que as massas suportadas pelas molas (M2 = carroçaria do veículo e carga útil) entrem em contacto com as massas não suportadas (M1 = eixo e rodas). A seguir à compressão, a molas de suspensão tentam afastar as massas suportas pelas molas das não suportadas. Os amortecedores apaziguam as vibrações resultantes no eixo e na carroçaria.

Inovações dos produtos SACHS

O desenvolvimento contínuo de novas gerações de veículo impõe constantemente requisitos mais exigentes no que se refere ao sistema de redução das vibrações e de amortecimento. Também aqui os amortecedores SACHS estão a ter um papel pioneiro, por exemplo, com os suportes de suspensão modulares ou inovações como o sistema de amortecimento continuamente variável SACHS para automóveis de passageiros.

O desenvolvimento contínuo de novas gerações de veículo impõe constantemente requisitos mais exigentes no que se refere ao sistema de redução das vibrações e de amortecimento. Também aqui os amortecedores SACHS estão a ter um papel pioneiro, por exemplo, com os suportes de suspensão modulares ou inovações como o sistema de amortecimento continuamente variável SACHS para automóveis de passageiros.

Sugestão útil para oficinas

Inspeção periódica de amortecedores

Um em sete veículos a circular na estrada têm pelo menos um amortecedor danificado, o que representa um grande risco para a segurança. A substituição dos amortecedores defeituosos por uma oficina especializada torna os veículos dos clientes novamente seguros para circular na estrada.

Inspeção periódica de amortecedores

Um em sete veículos a circular na estrada têm pelo menos um amortecedor danificado, o que representa um grande risco para a segurança. A substituição dos amortecedores defeituosos por uma oficina especializada torna os veículos dos clientes novamente seguros para circular na estrada.

Informações adicionais