Presença mundial da SACHS -

O seu parceiro, esteja onde estiver

Está aqui:

España / Portugal Español | Português

Está aqui:

España / Portugal Español | Português
worldmap


Portugal

Portugal

Operação económica:
Amortecedores SACHS para veículos comerciais.

Os amortecedores SACHS garantem a operação económica de camiões e de outros veículos comerciais. Como todas as peças de reposição SACHS, são sinónimo de qualidade alemã e extremamente duráveis. Os amortecedores SACHS para camiões otimizam o conforto de condução, aliviando eficazmente o cansaço do condutor e os esforços a que o veículo é sujeito. Ao mesmo tempo, transportam em segurança mesmo as cargas mais delicadas ou sensíveis.

Os amortecedores SACHS garantem a operação económica de camiões e de outros veículos comerciais. Como todas as peças de reposição SACHS, são sinónimo de qualidade alemã e extremamente duráveis. Os amortecedores SACHS para camiões otimizam o conforto de condução, aliviando eficazmente o cansaço do condutor e os esforços a que o veículo é sujeito. Ao mesmo tempo, transportam em segurança mesmo as cargas mais delicadas ou sensíveis.

Amortecedores para camiões

Amortecedores SACHS para camiões
SACHS camião grupos de amortecedores

Um amortecedor é um componente relevante para a segurança que, em conjunto com a mola, forma a ligação terminal entre a suspensão e a carroçaria do veículo. Reduz as vibrações na mola da suspensão, abranda-a e otimiza o contacto com a estrada.

Além dos amortecedores convencionais para camiões, o portfólio da SACHS inclui amortecedores para cabinas de condutor e amortecedores para eixos de reboques. Uma inovação muito especial da é o sistema de amortecimento continuamente variável da SACHS para camiões. Trata-se de um sistema variável, que ajusta a intensidade de amortecimento em tempo real com base nas condições de condução.

Amortecedores SACHS para camiões
SACHS camião grupos de amortecedores

Um amortecedor é um componente relevante para a segurança que, em conjunto com a mola, forma a ligação terminal entre a suspensão e a carroçaria do veículo. Reduz as vibrações na mola da suspensão, abranda-a e otimiza o contacto com a estrada.

Além dos amortecedores convencionais para camiões, o portfólio da SACHS inclui amortecedores para cabinas de condutor e amortecedores para eixos de reboques. Uma inovação muito especial da é o sistema de amortecimento continuamente variável da SACHS para camiões. Trata-se de um sistema variável, que ajusta a intensidade de amortecimento em tempo real com base nas condições de condução.

Inspeção periódica de amortecedores de camiões

Amortecedores SACHS para veículos comerciais

Em regra, os amortecedores para veículos comerciais devem ser inspecionados e, se necessário, substituídos após 250.000 km, o mais tardar. Durante a inspeção é conveniente que o especialista controle também os componentes em volta. A identificação precoce de componentes potencialmente defeituoso perto dos amortecedores ajuda a prevenir tempos de paragem caros.

Amortecedores SACHS para veículos comerciais

Em regra, os amortecedores para veículos comerciais devem ser inspecionados e, se necessário, substituídos após 250.000 km, o mais tardar. Durante a inspeção é conveniente que o especialista controle também os componentes em volta. A identificação precoce de componentes potencialmente defeituoso perto dos amortecedores ajuda a prevenir tempos de paragem caros.

Avaliação dos danos

  • Fugas e possíveis causas

    Mesmo que um amortecedor aparente ter uma fuga, tal pode não ser realmente verdade. É normal um certo grau de “sudação” e até mesmo necessário para lubrificação da junta da haste do pistão. Nunca avalie o amortecedor depois de o veículo ter sido conduzido à chuva, os amortecedores devem estar secos.

    Mesmo que um amortecedor aparente ter uma fuga, tal pode não ser realmente verdade. É normal um certo grau de “sudação” e até mesmo necessário para lubrificação da junta da haste do pistão. Nunca avalie o amortecedor depois de o veículo ter sido conduzido à chuva, os amortecedores devem estar secos.

  • Ruído e possíveis causas

    O ruído durante a compressão das molas não tem, necessariamente, de vir de amortecedores danificados.

    Por isso, verifique:

    • Suspensão do eixo
    • Borrachas do estabilizador
    • Tampas
    • e, claro, verifique se o ruído é causado por objetos no porta-bagagens.

    O ruído durante a compressão das molas não tem, necessariamente, de vir de amortecedores danificados.

    Por isso, verifique:

    • Suspensão do eixo
    • Borrachas do estabilizador
    • Tampas
    • e, claro, verifique se o ruído é causado por objetos no porta-bagagens.
  • Juntas de borracha gastas e rasgadas

    Causa:

    • Desgaste normal devido a alta quilometragem.
    • Desgaste devido a areia (efeito abrasivo).
    • Desgaste devido condução com altura ao solo demasiado alta ou nível das molas pneumáticas incorretamente ajustado.

    Consequência:

    • Ruídos (ranger, batida)

    Causa:

    • Desgaste normal devido a alta quilometragem.
    • Desgaste devido a areia (efeito abrasivo).
    • Desgaste devido condução com altura ao solo demasiado alta ou nível das molas pneumáticas incorretamente ajustado.

    Consequência:

    • Ruídos (ranger, batida)
  • Marcas na rosca do casquilho
  • Danos – danos por impacto

    Se o amortecedor estiver danificado, tal foi causado por força durante um acidente ou erro de montagem.

    Por isso, verifique:

    • Danos nos eixos e fixação do amortecedor
    • O alinhamento das rodas.

    Se o amortecedor estiver danificado, tal foi causado por força durante um acidente ou erro de montagem.

    Por isso, verifique:

    • Danos nos eixos e fixação do amortecedor
    • O alinhamento das rodas.

Amortecedor camião perguntas frequentes

  • Componentes adicionais

    Amortecedores defeituoso provocam um desgaste mais rápido dos componentes adjacentes. Por isso, inspecione os apoios superiores do amortecedor, os kits de manutenção e as molas de suspensão durante cada controlo dos amortecedores. Quando substituir os amortecedores, substitua também os apoios superiores do amortecedor e os kits de manutenção.

    Amortecedores defeituoso provocam um desgaste mais rápido dos componentes adjacentes. Por isso, inspecione os apoios superiores do amortecedor, os kits de manutenção e as molas de suspensão durante cada controlo dos amortecedores. Quando substituir os amortecedores, substitua também os apoios superiores do amortecedor e os kits de manutenção.

  • Transporte e armazenamento de amortecedores

    Se os amortecedores bitubo forem transportados ou armazenados na horizontal, o ar pode entrar no espaço de trabalho. O ar pode ser purgado de forma fácil e eficaz, comprimindo e esticando o amortecedor várias vezes seguidas. No entanto, o amortecedor purga autonomamente o ar brevemente após a sua montagem.

    Se os amortecedores bitubo forem transportados ou armazenados na horizontal, o ar pode entrar no espaço de trabalho. O ar pode ser purgado de forma fácil e eficaz, comprimindo e esticando o amortecedor várias vezes seguidas. No entanto, o amortecedor purga autonomamente o ar brevemente após a sua montagem.

  • Montagem e fixação de amortecedores

    Quando fixar o amortecedor (juntas de perno/apoios superiores do amortecedor), preste atenção ao alinhamento correto das peças. Verifique a fixação do amortecedor, as peças do sistema de direção e os componentes de borracha-metal durante cada inspeção. Neste contexto, recomenda-se lubrificar levemente os pernos de montagem das juntas tóricas. Atenção: Proteja os componente de borracha-metal da massa lubrificante!

    Quando fixar o amortecedor (juntas de perno/apoios superiores do amortecedor), preste atenção ao alinhamento correto das peças. Verifique a fixação do amortecedor, as peças do sistema de direção e os componentes de borracha-metal durante cada inspeção. Neste contexto, recomenda-se lubrificar levemente os pernos de montagem das juntas tóricas. Atenção: Proteja os componente de borracha-metal da massa lubrificante!

  • Falso alarme

    A aderência de sujidade da estrada à proteção inferior do veículo e aos amortecedores é, com frequência, erradamente diagnosticada como fuga.

    A aderência de sujidade da estrada à proteção inferior do veículo e aos amortecedores é, com frequência, erradamente diagnosticada como fuga.

Mais informações