Presença mundial da LEMFÖRDER -

O seu parceiro, esteja onde estiver

Está aqui:

España / Portugal Español | Português

Está aqui:

España / Portugal Español | Português
worldmap


Portugal

Portugal

Instruções sobre
a substituição de apoios superiores dos amortecedores

A fixação superior do amortecedor está ligada ao chassis através do apoio superior, ou seja, o apoio superior do amortecedor. Como o apoio superior tem de ter força de amortecimento e uma montagem giratória que permita o reposicionamento desimpedido da direção, o seu funcionamento e a sua resistência ao desgaste têm de obedecer a requisitos rigorosos. O controlo regular dos apoios superiores dos amortecedores garantirá a segurança do veículo.

Um apoio gaste ou defeituoso pode ser identificado com base em vários sintomas, entre os quais:
• Chiadeira durante os movimentos das molas do chassis
• Mau desempenho do veículo nas curvas
• Ruído crepitante durante movimentos do volante
• Reposicionamento da direção difícil depois de curvas
• Sons de batida ao passar por cima de superfícies irregulares

Se durante a revisão for detetado um defeito nos apoios superiores do amortecedor, estes devem ser substituídos como descrito abaixo. À semelhança de outros componentes de chassis, os apoios superiores dos amortecedores devem ser sempre substituídos aos pares.

Apoio superior do amortecedor bipartido.
apoio superior do amortecedor

A fixação superior do amortecedor está ligada ao chassis através do apoio superior, ou seja, o apoio superior do amortecedor. Como o apoio superior tem de ter força de amortecimento e uma montagem giratória que permita o reposicionamento desimpedido da direção, o seu funcionamento e a sua resistência ao desgaste têm de obedecer a requisitos rigorosos. O controlo regular dos apoios superiores dos amortecedores garantirá a segurança do veículo.

Um apoio gaste ou defeituoso pode ser identificado com base em vários sintomas, entre os quais:
• Chiadeira durante os movimentos das molas do chassis
• Mau desempenho do veículo nas curvas
• Ruído crepitante durante movimentos do volante
• Reposicionamento da direção difícil depois de curvas
• Sons de batida ao passar por cima de superfícies irregulares

Se durante a revisão for detetado um defeito nos apoios superiores do amortecedor, estes devem ser substituídos como descrito abaixo. À semelhança de outros componentes de chassis, os apoios superiores dos amortecedores devem ser sempre substituídos aos pares.

Apoio superior do amortecedor bipartido.
apoio superior do amortecedor

Nota: As imagens e o procedimento descrito para a substituição de um apoio superior do amortecedor na sugestão útil servem apenas de exemplos, podendo variar de acordo com o veículo e o design do amortecedor.

Nota: As imagens e o procedimento descrito para a substituição de um apoio superior do amortecedor na sugestão útil servem apenas de exemplos, podendo variar de acordo com o veículo e o design do amortecedor.

Passo-a-passo: Substituição de um apoio superior

  • Passo 1 – Desmonte as rodas.
    Eleve o veículo e desmonte as rodas dianteiras

    1. Em primeiro lugar, eleve o veículo com um guindaste de duas colunas e desmonte as rodas do eixo.

    Eleve o veículo e desmonte as rodas dianteiras

    1. Em primeiro lugar, eleve o veículo com um guindaste de duas colunas e desmonte as rodas do eixo.

  • Passo 2 – Desmonte o amortecedor e prenda o dispositivo de fixação.
    Desmonte por completo o amortecedor do veículo

    2. Desmonte o amortecedor de acordo com as especificações do fabricante do veículo e prenda-o num dispositivo de fixação adequado.
    AVISO: Risco de ferimentos graves devido à libertação súbita das molas. Utilize sempre um tensor de molas adequado.

    Desmonte por completo o amortecedor do veículo

    2. Desmonte o amortecedor de acordo com as especificações do fabricante do veículo e prenda-o num dispositivo de fixação adequado.
    AVISO: Risco de ferimentos graves devido à libertação súbita das molas. Utilize sempre um tensor de molas adequado.

  • Passo 3 – Comprima a mola da suspensão com um tensor de molas.
    Comprima a mola da suspensão com um tensor de molas

    3. Comprima a mola da suspensão com um tensor de molas até ser solta da sede do apoio superior do amortecedor.

    Comprima a mola da suspensão com um tensor de molas

    3. Comprima a mola da suspensão com um tensor de molas até ser solta da sede do apoio superior do amortecedor.

  • Passo 4 – Retire a porca da biela do amortecedor de choque.
    Retire a porca de segurança do mancal do amortecedor

    4. A porca da biela do amortecedor de choque pode ser removida agora. Para tal, a biela tem de ser agarrada com firmeza com uma ferramenta adequada. Em seguida, por retirar-se o apoio antigo.

    Retire a porca de segurança do mancal do amortecedor

    4. A porca da biela do amortecedor de choque pode ser removida agora. Para tal, a biela tem de ser agarrada com firmeza com uma ferramenta adequada. Em seguida, por retirar-se o apoio antigo.

  • Passo 5 – Posicione o novo apoio do amortecedor na respetiva posição de montagem.
    Posicione o novo apoio do amortecedor

    5. Posicione o novo apoio do amortecedor na respetiva posição de montagem. Durante este procedimento, certifique-se em especial de que a parte inferior do apoio fica corretamente assente na mola da suspensão.

    Posicione o novo apoio do amortecedor

    5. Posicione o novo apoio do amortecedor na respetiva posição de montagem. Durante este procedimento, certifique-se em especial de que a parte inferior do apoio fica corretamente assente na mola da suspensão.

  • Passo 6 – Monte os parafusos e os componentes de fixação.
    Monte a nova porca de segurança na biela

    6. Monte todos os parafusos e os componentes de fixação e aperte as porcas de segurança com o binário especificado pelo fabricante do veículo.

    Monte a nova porca de segurança na biela

    6. Monte todos os parafusos e os componentes de fixação e aperte as porcas de segurança com o binário especificado pelo fabricante do veículo.

  • Passo 7 – Solte cuidadosamente o tensor de mola.
    Certifique-se de que a mola está na posição correta no disco do amortecedor e no apoio do amortecedor

    7. Agora o tensor de mola pode ser cuidadosamente solto. Durante este procedimento, continue a verificar se a mola da suspensão fica corretamente assente no apoio do amortecedor e no disco do amortecedor.

    Certifique-se de que a mola está na posição correta no disco do amortecedor e no apoio do amortecedor

    7. Agora o tensor de mola pode ser cuidadosamente solto. Durante este procedimento, continue a verificar se a mola da suspensão fica corretamente assente no apoio do amortecedor e no disco do amortecedor.

  • Passo 8 – Volte a montar o amortecedor no veículo.
    Volte a montar o amortecedor e monte novas porcas de segurança no apoio superior do amortecedor

    8. Agora o amortecedor completo pode ser retirado do suporte (dispositivo de fixação) e remontado no veículo.

    Volte a montar o amortecedor e monte novas porcas de segurança no apoio superior do amortecedor

    8. Agora o amortecedor completo pode ser retirado do suporte (dispositivo de fixação) e remontado no veículo.

  • Passo 9 – Volte a montar as rodas.
    Realize um alinhamento do eixo

    9. Em seguida, volte a montar as rodas e realize um alinhamento completo das rodas. No final de tudo realize uma viagem de teste.

    Realize um alinhamento do eixo

    9. Em seguida, volte a montar as rodas e realize um alinhamento completo das rodas. No final de tudo realize uma viagem de teste.